Search
Close this search box.

Morador de Criciúma procurado por crime na Europa levava a vida como chef de cozinha

Jovem português, de 23 anos, caminhava na rua quando acabou preso por policiais federais nessa quarta-feira, 21, em Criciúma, onde residia desde março de 2022, pouco tempo depois de ter cometido um crime na Europa.

O homem se encontrava na lista da Difusão Vermelha da Interpol. O preso era procurado pela Corte Judicial de Loulé, em Portugal, onde responde a processo por homicídio qualificado.

Na cidade. ele trabalhava como chef de cozinha, de modo informal.

O pedido de prisão preventiva para fins de extradição foi formulado pelo Escritório Central Nacional da Interpol em Brasília/DF, com base nas informações da Difusão Vermelha incluídas pelas autoridades portuguesas.

O mandado de prisão preventiva para fins de extradição, expedido pelo Supremo Tribunal Federal, foi devidamente cumprido e, após as formalidades de praxe, o preso foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá até a extradição definitiva para o país de origem.

WhatsApp Image 2024-05-29 at 11.33
Operação Aharadak mira grupo criminoso suspeito por furtos e roubos em município gaúcho devastado pelas enchentes
WhatsApp Image 2024-05-29 at 11.33
Mulher é atingida na cabeça por disparo de arma de fogo pelo companheiro em Araranguá
BeFunky-collage (12)
Jovem é hospitalizada após colisão entre automóvel e motoneta na BR-101 em Içara