Search
Close this search box.

Vice-prefeito e Secretário de Educação de município da região metropolitana de Curitiba são afastados por suspeita de esquema criminoso na compra de livros infantis

Nesta quinta-feira, 29, a Polícia Federal deu início à operação “Liber”, em Curitiba e Colombo, visando desarticular uma estrutura criminosa suspeita atuante em direcionamento de licitações e sobrepreço de livros infantis. O objetivo da operação foi o de reunir informações, de identificar os envolvidos e de interromper suas atividades ilícitas.

A operação mobilizou mais de 20 policiais federais, que cumpriram sete mandados de busca e apreensão em locais estratégicos. Os crimes investigados incluíam corrupção passiva, corrupção ativa, associação criminosa, fraude à licitação e lavagem de capitais.

O termo “Liber”, de origem latina e significando “livro”, foi escolhido como nome da operação por representar o meio pelo qual o grupo criminoso buscava seu enriquecimento ilícito. Utilizavam a compra fraudulenta de livros infantis como fachada para desviar recursos públicos.

As penas previstas para os envolvidos, se condenados, somavam mais de 33 anos de prisão, demonstrando a gravidade dos delitos investigados.

A operação Liber representa um marco na luta contra a corrupção, enfatizando o compromisso da Polícia Federal em combater a criminalidade e proteger os recursos públicos, de acordo com as informações da corporação.

IMG_20240522_151931
Mais três corpos são encontrados enterrados em praia de Balneário Arroio do Silva
WhatsApp Image 2024-05-22 at 17.51
Simulação de atendimento em acidente de trânsito é realizada em Criciúma
WhatsApp Image 2024-05-23 at 11.01
Comunicadores levam susto com princípio de incêndio durante programa de rádio ao vivo em Criciúma